Pare de se julgar. Ao invés de se julgar, comece a se aceitar com todas as suas imperfeições, todas as suas fraquezas, todos os erros, todas as falhas. Não se exija a perfeição. Isso é simplesmente querer algo impossível; e, dessa forma, você só poderá se sentir frustrado.
       Você é, afinal de contas, um ser humano".

 

 

            "Stop judging yourself. Insted of judging, start accepting yourself with all your imperfections, all frailties, all your mistakes, all your failures. Don't ask yourself to be perfect. That is simply asking for something impossible, and then you will feel frustated. You are a human being after all."

OSHO. The Transmission of the Lamp. # 1, Q 2